.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, junho 26, 2007

Renan diz que resiste até o fim

"O que importa é que eu não me intimidarei. Eu resistirei até o fim". O aviso foi dado na manhã de hoje pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, ao descer do carro em frente à chapelaria da Casa e ser indagado sobre a hipótese de o PSOL lançar no Rio de Janeiro uma campanha com o lema "Fora, Renan Calheiros".

O PSOL foi o partido que ajuizou no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar representação para verificação de quebra de decoro parlamentar por parte de Renan, que teria, de acordo com denúncia da revista Veja, parte de suas despesas pessoais pagas por um funcionário da construtora Mendes Júnior.

- Acho que isso tudo é uma espécie de esquadrão da morte moral. As pessoas, sem ter prova, anunciam a sentença e depois ficam como estão, sem saber o que fazer, porque não têm o que apresentar à sociedade. O que importa é que eu não me intimidarei. Eu resistirei até o fim - afirmou o presidente do Senado.

As informações são da Agência Senado

1 Comments:

Blogger Elisandra Jornalista said...

Olá Anache!!!

Esta novela "Renan Calheiros" parece que ainda irá render muitos capítulos... complicado.

Abração!

terça-feira, junho 26, 2007 12:49:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home