.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, março 08, 2006

Câmara rejeita cassação de Brant e Professor Luizinho

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou hoje dois processos de perda de mandato de parlamentares acusados de estarem envolvidos com o suposto esquema do "mensalão". Os pareceres do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar que pediam a cassação dos deputados Roberto Brant (PFL-MG) e Professor Luizinho (PT-SP) foram rejeitados por mais de 250 deputados entre os 449 que estavam presentes nas duas sessões.
Próximos julgamentos
Com as absolvições do Plenário, os relatórios elaborados contra os deputados foram arquivados. Na próxima semana, o Plenário volta a decidir o destino de dois outros deputados do Partido Progressista: Pedro Corrêa (PP-PE) e Pedro Henry (PP-MT). O presidente da Câmara não acredita que o resultado da votação desta quarta-feira vá influenciar os próximos julgamentos. Aldo Rebelo afirmou que respeita o resultado do Plenário e que o papel do presidente da Casa é dirigir os trabalhos, garantindo o direito de defesa e o espírito de justiça. Aldo diz que aceita as críticas, mas acha melhor aguardar as próximas votações. "Não creio que qualquer resultado sirva como referência para outras votações. Nós tivemos nos dois primeiros processos julgados, aliás, duas condenações. Nos dois processos seguintes, duas absolvições. E nos dois que foram julgados hoje, duas absolvições, quando o prognóstico era de que viriam duas condenações." Para Aldo, o mais aconselhável é aguardar o "veredicto do Plenário, que tem - na figura dos seus 512 deputados - a atribuição de julgar, de condenar e de absolver." Ele completa que cabe ao presidente da instituição "apenas respeitar a decisão do Plenário, da mesma forma que respeita as decisões do Conselho de Ética."
Conselho e voto secreto
Aldo Rebelo também elogiou o trabalho do Conselho de Ética, enfatizando que o órgão tem cumprido o seu papel e suas atribuições regimentais. "Tem atuado com rigor, com espírito público e, portanto, não há o que se julgue no caso do Conselho de Ética, nada que se dê contra o trabalho que tem realizado."
Questionado pelos jornalistas, Aldo Rebelo disse que o eventual fim do voto secreto provocaria uma grande discussão na Câmara, já que existem defensores dos dois lados. O presidente da Casa lembra que seria necessária uma mudança na Constituição.
As informações são da Agência Câmara.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home