.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, junho 01, 2006

Não podemos aceitar que o Brasil seja chamado de 'país de corruptos', diz Marisa Serrano

A vice-prefeita de Campo Grande, Marisa Serrano (PSDB), disse na tarde de hoje que "nós não podemos aceitar que o Brasil seja chamado de 'país de corruptos', pois temos o dever de passar às novas gerações os valores reais do trabalho e da seriedade."
Ela chegou depois das 16 horas à Aquidauana, a 135 quilômetros a oeste de Campo Grande. Foi recebida pelo prefeito Luiz Felipe Ribeiro Orro (PDT), no seu gabinete.
Fotos Francis Torres/Pantanal News
Vice-prefeita de Campo Grande, Marisa Serrano (PSDB) e prefeito de Aquidauana, Luiz Felipe Ribeiro Orro (PDT)

O prefeito de Aquidauana agradeceu o apoio que sempre recebeu de Marisa Serrano, principalmente quando ela era deputada federal, no seu primeiro mandato em Aquidauana (2.001 a 2.004).
"Marisa nunca deixou de manifestar o seu apoio a Aquidauana, principalmente por meio de emendas ao orçamento, que proporcionavam o envio de recursos do Governo Federal ao município, quando o presidente era Fernando Henrique Cardoso", destacou o prefeito Orro.
Vice-prefeita Marisa Serrano e vereadores (a partir da esq.): Sebastiãozinho do Taboco (PMDB), Iran Rezende (PPS), presidente da Câmara de Aquidauana, Moacir Melo (PDT); Vanildo Neves (PSDB) e Tião Sereia

A vice-prefeita de Campo Grande ressaltou que "o presidente Fernando Henrique Cardoso era muito mais municipalista, tinha uma preocupação muito maior com os repasses feitos aos municípios em todo o Brasil."
Marisa Serrano foi recepcionada, no gabinete do prefeito Luiz Felipe Ribeiro Orro, por vereadores de Aquidauana e lideranças políticas da cidade. O deputado estadual Valdir Neves veio de Campo Grande e acompanhou a visita da vice-prefeita que, durante a tarde e o início da noite, participou de reuniões em escolas da cidade, tratando de temas relacionados à educação.
No gabinete do prefeito Luiz felipe Ribeiro Orro, a vice-prefeita de Campo Grande, Marisa Serrano, fala ao vivo na Rádio Independente



Marisa, que é professora, lembrou, numa das suas palestras, que foi a vereadora mais votada de Campo Grande, ainda na época de Mato Grosso integrado. "Depois do meu mandato, voltei a exercer a minha profissão de professora por 16 anos e, somente depois da divisão do estado, voltei a militar na política, disputando novos cargos eletivos", explicou Marisa Serrano para uma platéia de professoras no CAIC de Aquidauana.
Marisa Serrano durante palestra na Escola do Rotary Clube de Aquidauana

Ao comentar a política atual, a vice-prefeita de Campo Grande destacou que "a distribuição de cestas básicas, para quem precisa, é uma necessidade urgente; mas um país tem que se orgulhar de oferecer trabalho para o seu povo."Para Marisa Serrano, "uma família que só vê o pai e a mãe receber a cesta básica, não pode aprender coisas boas." Ela ressaltou, numa referência aos escândalos que assolam o país, que "usurpar aquilo que é dos outros não é normal, não se pode aceitar como normal o roubo, pois assim quebramos a espinha dorsal da democracia."
A vice-prefeita de Campo Grande destacou que "numa época em que a sociedade vê, de braços cruzados, o que acontece, criamos um povo que não acredita nos valores da liberdade e da democracia; mas ressalto que vale a pena lutar pelo nosso país , pelo povo que acredita num Brasil melhor."
Ela finalizou dizendo que "para isso, temos que transmitir ao povo os valores do trabalho e da seriedade, não podemos aceitar que o Brasil seja chamado de 'país de corruptos'; a nossa obrigação é passar às novas gerações os valores reais que controem uma verdadeira Nação."

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home