.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Prefeito Orro desafia a Constituição com autopromoção

Fotos: Reinaldo Bezerra/Pantanal News
Cata-vento, que simboliza a administração Felipe Orro, é colocado em toda extensão das calçadas das ruas Estevão Alves Corrêa e Assis Ribeiro, em Aquidauana

O prefeito de Aquidauana, Luiz Felipe Ribeiro Orro (PDT), desafia a Constituição, ao colocar o símbolo da sua administração, o cata-vento, nas calçadas das ruas Estevão Alves Corrêa e Assis Ribeiro, em frente ao Centro de Comércio Popular "Barrackesh".
A obra, feita com dinheiro da União e oriundo de uma emenda parlamentar do deputado federal Vander Loubet (PT-MS), no valor aproximado de R$1,2 milhão, está sendo concluída na cidade, 135 quilômetros a oeste de Campo Grande.

Ela beneficia os comerciantes que, em tempos passados, ficavam nas calçadas das mesmas ruas, em barracas de madeira ou alvenaria, coladas ao muro da antiga Estação da Estrada de Ferro Noroeste do Brasil.
Retomada pela Prefeitura de Aquidauana, a área foi destinada à construção do Centro de Comércio Popular, conhecido em Aquidauana pelo nome de "Barrackesh", numa alusão às barracas usadas pelos comerciantes.
Nestes últimos dias de administração, o prefeito Felipe Orro - cujo grupo político perdeu a eleição para o adversário e arqui-rival Fauzi Suleiman (PMDB), chamado durante a campanha política de "turquinho sem experiência e vendedor de redes na Casa Branca[loja cuja proprietária é a família Suleiman, em Aquidauana]" - coloca, nas calçadas das ruas Estevão Alves Corrêa e Assis Ribeiro, várias imagens, feitas com pedras portuguesas, que representam o cata-vento, considerado o símbolo da sua administração, também visto em coletes dos moto-taxistas do município e em placas que anunciam obras da sua gestão.
O artigo número 37 da Constituição da República Federativa do Brasil é claro, ao determinar que "A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios da legalidade, impessoalidade (grifo do blog), moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:
Inciso XXI, parágrafo 1º A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo contar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos (grifo do blog)."
A imagem do cata-vento leva o povo de Aquidauana a lembrar do prefeito Felipe Orro (PDT). Este, além de político experiente e ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, é advogado por formação. Muito mais do que um simples cidadão, ao qual a Lei também não permite desconhecimento dela própria, como operador do Direito o munícipe Felipe Orro tem o dever e a obrigação moral de cumprir o que determina a Constituição Cidadã de 5 de outubro de 1988.

Ouvido pelo blog do Armando Anache, o chefe-de-gabinete do prefeito Felipe Orro, Mário Nélson Argerin (PDT), disse por meio do telefone celular, durante despedida do seu filho, que embarcava numa excursão rumo ao Balneário Camburiú, que "cada cata-vento permanecerá lá mesmo, nas calçadas das ruas Estevão Alves Corrêa e Assis Ribeiro".
Argerin lembra que o símbolo do município, ou da administração Orro, aprovado pela Câmara, era um peixe, com o rio Aquidauana passando por baixo dele. No entanto, admite a existência do cata-vento como símbolo da gestão Orro na prefeitura.
O blog pergunta novamente se cada cata-vento não será retirado, antes da conclusão da obra e em respeito à Constituição. A resposta é a mesma: "Cada cata-vento ficará onde está sendo colocado e qualquer outra obra nos locais citados deverá ser feita pelo próximo prefeito."
Procurado por meio do seu telefone celular, o prefeito Felipe Orro não foi encontrado, para comentar a respeito da colocação do cata-vento nas calçadas do "Shopping Barrackesh".

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home