.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sexta-feira, abril 30, 2010

Morre José Fragelli, ex-presidente do Senado


[Foto: Presidente do Senado de 1985 a 1987, o ex-senador José Fragelli]

Presidente do Senado de 1985 a 1987,

o ex-senador José Fragelli morreu na

madrugada desta sexta-feira (30),

em Aquidauana (MS). Ele exerceu o

mandato de 1980 a 1987 e

teve participação ativa na articulação

política que, 25 anos atrás, elegeu

Tancredo Neves e José Sarney para

a presidência do Brasil, fazendo o país retornar à democracia.

Como presidente do Senado, nos momentos angustiantes que

antecederam a cerimônia de posse, em 15 de março de 1985,

com Tancredo hospitalizado, Fragelli teve atuação decisiva

na cerimônia que garantiu a transferência de poder

para o vice-presidente eleito José Sarney. Na manhã

de hoje, uma das primeiras providências de Sarney, ao

chegar ao Senado, foi telefonar para a viúva de

Fragelli, dona Maria de Lourdes, apresentando suas

condolências.

- José Frageli foi um grande homem público. Assumiu uma

função importante na vida do país, no episódio da

morte de Tancredo Neves, quando revelou seu espírito

público e amor pelo Brasil. Dentro desta Casa foi

um dos maiores senadores por sua honestidade,

idoneidade e capacidade - disse nesta sexta o presidente

do Senado, José Sarney.

De acordo com o perfil biográfico divulgado pelo Senado,

na Galeria de Presidentes da Nova República, em 1983,

o então senador José Fragelli foi o responsável pela

organização de um grupo de 14 senadores que foi

a Belo Horizonte para comunicar a Tancredo a

disposição de trabalhar seu nome para presidente

da República. Ali foi decidido que, se o PMDB fosse

ao Colégio Eleitoral, o candidato seria Tancredo Neves.

[Foto: ]

Logo depois, Fragelli se elegeria presidente do Senado,

derrotando o senador Luiz Viana Filho, candidato do PDS,

o partido que defendia o nome de Paulo Maluf para

suceder o general João Baptista Figueiredo, o último

presidente do regime militar.

Na presidência do Congresso, investido da faculdade de

reconhecer o novo presidente da República, afirmando

inexistir qualquer risco de conturbação política, Fragelli

deu posse a José Sarney. Este passou a ocupar interinamente

o Palácio do Planalto, até ser confirmado no posto, em

21 de abril de 1985, quando Tancredo morreu.

Fonte: Teresa Cardoso / Agência Senado


Veja e leia o que o Blog
do Armando Anache
já publicou sobre o
ex-governador José
Fragelli, inclusive
um desmentido sobre
a sua suposta morte,
em 2007:


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home