.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, dezembro 15, 2005

Relatório final deve propor pelo menos 100 indiciamentos

Arquivo do blog/Agência Senado/11.11.05
O relatório final da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos Correios deve ter pelo menos 100 pedidos de indiciamento. A conta foi feita pelo relator da CPI, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), nesta manhã. Em manifestações anteriores, o deputado havia chegado a falar em 50 pedidos em dois ou três processos investigados. Como agora são quase 40 processos, ele calcula a expectativa de aumento.
- Estamos examinando mais de 40 processos. Se em cada um houver dois ou três [pedidos de indiciamento], o número de pedidos de indiciamento vai passar de 100, isso é evidente. Então, não é uma questão de o relator anunciar que vai haver mais de uma centena, isso é uma conseqüência natural da investigação - ponderou.
A divulgação de documento com uma "prestação de contas", na próxima quarta-feira (21), contendo o que foi descoberto pela CPI até agora, foi reafirmada pelo relator. Ele desistiu de pedir nesse documento indiciamento do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza e do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, como anunciou esta semana. Serraglio também disse que as atividades da CPI devem ser concluídas em fevereiro, com exceção do trabalho da sub-relatoria de Fundos de Pensão.
O relator destacou que a função da CPI não é apenas pedir o indiciamento dos investigados, mas promover mudanças, propor soluções para que o "fato investigado não se repita", como irregularidades no sistema eleitoral, no Instituto de Resseguros do Brasil, ou em licitações.
- Teremos que desenhar uma proposta que venha impedir caixa dois, prevendo uma punição grave, rígida, na esteira do que o Tribunal Superior Eleitoral está apresentando; mudar as regras de fiscalização sobre lavagem de dinheiro, enfim, mazelas que precisam ser dificultadas - explicou.
A parte burocrática da CPI, com a análise de documentos, disse Serraglio, continuará funcionando "a todo vapor" no recesso. Já a realização de audiências e a votação de requerimentos dependerão do funcionamento do Congresso.
As informações são de Elina Rodrigues, repórter da Agência Senado.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home