.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, dezembro 06, 2005

Traficante se entrega à polícia e confessa participação em incêndio do ônibus no Rio

Traficante se entrega à polícia e confessa participação em incêndio do ônibus no Rio. A notícia é de Vitor Abdala, repórter da Agência Brasil:
Rio - Um traficante identificado como Paulo Vitor, o PV, se entregou hoje à tarde ao posto da Polícia Militar da Favela Vila Cruzeiro, no Complexo da Maré, zona norte do Rio, e confessou a participação no incêndio do ônibus 350. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, ele se apresentou aos policiais porque estaria com medo de ser morto por outros bandidos, que teriam recriminado a ação.
Paulo Vitor foi encaminhado à Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia Civil, onde está prestando depoimento sobre sua participação no crime. O incêndio do ônibus 350 teria sido ordenado pelo traficante Anderson Gonçalves dos Santos, o Lorde, no bairro da Penha, na zona norte do Rio, na semana passada, em represália à morte de um bandido da região. Cinco pessoas morreram.
Além de Paulo Vitor, uma menina de 13 anos de idade foi detida, acusada de participar do crime. Outros quatro autores do incêndio já teriam sido mortos por outros bandidos. A polícia ainda procura Lorde, sua namorada, conhecida como Brenda, e um outro traficante, Gabriel Amaral Távora.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home