.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, dezembro 01, 2005

Tráfico incendiou passageiros de propósito

Os integrantes do tráfico de drogas promovem mais uma barbárie no Rio de Janeiro. O blog publica notícia do jornal "O Globo":

O que eles tinham com isso?
Abram a porta, pelo amor de Deus! Minha filha é uma criança!” O grito de Wânia da Lúcia Barbosa, de 36 anos, não será esquecido pelos passageiros que conseguiram escapar com vida, anteontem à noite, do atentado contra o ônibus da linha 350 (Passeio-Irajá). Cinco pessoas inocentes, entre elas Wânia e sua filha Vitória, de 1 ano e um mês, que ela tentou em vão salvar, foram queimadas vivas por um grupo de 12 traficantes por volta das 22h30m, em Brás de Pina. Há ainda 14 pessoas feridas, duas delas correndo risco de morrer. Para vingar a morte de um bandido pela PM ocorrida no mesmo bairro no final da tarde daquele dia, o bando interceptou o ônibus que levava para casa estudantes e trabalhadores, jogou gasolina e ateou fogo.
O corpo de Vitória foi o último a ser descoberto pelos peritos porque Wânia, que voltava de mais um dia de trabalho como auxiliar de limpeza, deitou-se sobre a filha para protegê-la das chamas. Também não tiveram tempo de pular pela janela — a única forma de fugir da morte já que as portas do ônibus foram fechadas — outras três pessoas. Uma delas é o gerente de supermercado Luiz Antônio Carvalho Vieira, de 52 anos. Outras duas vítimas só poderão ser identificadas por meio de exames da arcada dentária ou de DNA.

Para ler a notícia completa, no Globo Online, clique AQUI

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home