.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, março 02, 2006

Vereador que perdeu mandato aguarda liminar

Conversei há pouco com o vereador de Aquidauana, Ordalino Cunha (PT), que teve decretada a perda do seu mandato pelo presidente da Câmara, Moacir Melo.
Ordalino Cunha, que é segundo suplente do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) disse que está tranqüilo e confia na Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul, à qual o seu advogado Valeriano Fontoura encaminhou recurso em 7 de fevereiro, um dia depois da decretação da perda do seu mandato em decisão de primeira instância, na Comarca de Aquidauana.
Segundo informou o vereador Ordalino, o TRE (tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul encaminhou o recurso, impetrado pelo seu advogado, de volta a Aquidauana, para ser juntado ao processo.
Nesse intervalo de tempo, a juíza substituta da Justiça Eleitoral enviou ofício à Câmara, informando a perda do mandato.
Ordalino Cunha compareceu normalmente à Câmara de Aquidauana nesta tarde, onde houve sessão. No entanto, não participou dos trabalhos, depois de ter sido informado do recebimento do documento da Justiça Eleitoral, pelo presidente da Casa. Cunha preferiu não participar da sessão, depois de ter sido informado da assinatura, pelo presidente da Câmara, do decreto número 001/2006, que determina a perda do seu mandato.
Ele informou ao blog que a resposta ao seu recurso, impetrado em Campo Grande, na forma de liminar favorável à manutenção do seu mandato, pode chegar ainda hoje a Aquidauana. Ele está em contato com o seu advogado Valeriano Fontoura, na Capital.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home