.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, abril 13, 2006

Não existe base jurídica e nem política para pedir impeachment de Lula, diz Dallari

O blog publica notícia de Marcela Rebelo, repórter da Agência Brasil:
Brasília – Não há base jurídica nem clima para um pedido de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na avaliação do jurista e professor da faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Dalmo Dallari. "É preciso deixar claro que a Constituição prevê hipóteses desse afastamento, desse impeachment, por atos praticados pelo presidente no exercício das suas funções. Esse já é um ponto importante", disse, em entrevista hoje à Rádio Nacional .

Dallari destacou que a hipótese de pedido de impeachment seria baseada em ilegalidades praticadas durante a campanha presidencial de Lula. "Se foram praticadas na campanha presidencial, ainda que houvesse uma participação pessoal dele, não foi no exercício das funções, não foi como presidente. Só isso já afasta a possibilidade de impeachment", ressaltou.

"Isso está fora de cogitação. Além do mais, não existe a base política e a base de sustentação social que poderiam levar a um processo de impeachment", completou. Ele destacou ainda que impeachment é um ato "extremamente grave", que traz "perturbações" ao país. "Não é o caminho desejado", concluiu.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home