.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sexta-feira, junho 02, 2006

Heráclito: oposição vai exibir imagens de CPIs na TV durante campanha eleitoral

O senador Heráclito Fortes (PFL-PI) disse hoje, em discurso no Plenário, que a oposição vai exibir na TV imagens das comissões parlamentares de inquérito (CPIs) na campanha eleitoral deste ano para que a população brasileira possa refletir sobre o atual governo e tomar uma posição antes de votar em seu candidato a presidente da República.
- A população brasileira terá muito prazer em conhecer os descaminhos da corrupção que acontecem no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Vamos exibir os piores desmandos. O direito de uso da TV será igual - afirmou Heráclito.
Para o senador, houve, no atual governo, "um esquema de corrupção endêmico" que pode ser demonstrado pelas CPIs, sem que o PT tenha apurado devidamente as responsabilidades legais por infrações e crimes cometidos.
Heráclito fez uma série de críticas ao posicionamento do presidente Lula diante de várias questões. Destacou, entre essas, o recente episódio da crise do gás na Bolívia, afirmando que o governo brasileiro deixou de se posicionar de maneira firme quando o presidente daquele país, Evo Morales, colocou tropas do Exército cercando instalações da Petrobras.
Citou ainda o caso da quebra de sigilo bancário, feita de forma ilegal, do caseiro Francenildo Santos Costa, que acabou resultando na demissão do então ministro da Fazenda, Antonio Palocci. E disse que Lula também foi omisso no caso do assassinato, no metrô em Londres, do trabalhador brasileiro Jean Charles de Menezes, confundido com um terrorista pela polícia inglesa.
- Lá em Londres, ele (o presidente Lula) fez pior. Foi para lá e ao voltar cantou em prosa e verso as belezas da convivência com a família real inglesa. Enquanto a família do trabalhador brasileiro pede até hoje a reparação moral pela perda do filho - disse o senador.
O parlamentar disse ainda que a família do engenheiro brasileiro João José de Vasconcellos Júnior, seqüestrado no Iraque, também não teve apoio firme do governo nas investigações sobre seu desaparecimento.
Outra crítica direcionada ao governo foi relativa à crise da Varig. Segundo Heráclito, se a Varig for fechada, desempregará 11 mil servidores diretos e 40 mil servidores indiretos.
- Não vimos, até agora, uma decisão firme do governo para tranqüilizar o país nesse sentido - disse.
O senador abordou ainda conflitos na política internacional do governo, que ocorrem entre o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e o chefe da Assessoria Especial do presidente da República, Marco Aurélio Garcia. Ambos, segundo Heráclito, divergem constantemente sobre os rumos da política externa do país.
Em aparte, o senador Roberto Saturnino (PT-RJ) disse que Lula não se está importando com intenções da oposição de mostrar imagens das CPIs na TV durante a campanha. Segundo Saturnino, Lula acha que a oposição deve mostrar tais imagens, pois as CPIs foram vistas por todo o país e isso faz parte da campanha política.
-- A oposição achou que estava ganhando com isso, mas acabou perdendo. Houve corrupção, sim; pode não ter sido apurado tudo, mas ficou demonstrado que houve gesto de tolerância para apurar os fatos - disse Saturnino.
Já Heráclito disse achar que o eleitorado está calado e esperando o momento certo para tomar sua decisão.
As informações são de Helena Daltro Pontual, repórter da Agência Senado

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home