.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, junho 07, 2006

Londres Machado classifica de lamentável agressão de produtores

Giuliano Lopes/ANL
Depois de reunião com os deputados, o presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Londres Machado (PL), afirmou que foi lamentável o episódio de ontem, envolvendo os produtores rurais. Os parlamentares decidiram tomar medidas para evitar novas agressões durante o uso da tribuna do Plenário Júlio Maia, mas representantes da sociedade continuarão tendo acesso para fazer as suas manifestações.
Segundo Londres Machado, houve desencontros durante a audiência pública realizada ontem de manhã no plenário. Ele disse que lições serão tiradas do incidente, como a restrição, como manda o regimento, da abertura da palavra livre a apenas um representante da sociedade civil organizada. Ontem, vários produtores rurais e pescadores se manifestaram.
Como os produtores sempre foram bem acolhidos, o presidente da Assembléia afirmou que espera uma reflexão sobre o incidente da parte da Federação de Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul), principalmente porque houve agressão ao parlamento no momento em que uma comissão de deputados viabilizava reunião de representantes do setor com o secretário estadual de Receita e Controle, José Ricardo Cabral.
"Pela primeira vez, desde que estou aqui, um segmento importante, que sempre teve o apoio da Casa, ofendeu os deputados", ressaltou Londres Machado. O líder do Governo, Pedro Kemp (PT), disse que houve agressão aos deputados e à instituição. Ele ressaltou que houve desrespeito e que isso não pode ser mais permitido.
O deputado Jerson Domingos (PMDB), também afirmou que houve erro por parte da direção da audiência, que permitiu a utilização da palavra por mais de um representante. Outra medida é que a sessão ordinária não seja transformada em audIência pública.
As informações são de Edivaldo Bitencourt, da Agência de Notícias do Legislativo

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home