.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, setembro 12, 2006

PT repudia uso eleitoral de auditoria inconclusa do TCU

Do site do PT (Partido dos Trabalhadores):
Nota divulgada na tarde de hoje (12) pelo presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, repudia a divulgação "precipitada" e "distorcida" de notícia envolvendo a distribuição, pelo partido, de revistas com a prestação de contas do governo Lula.
De acordo com a nota, todos os documentos comprovando a lisura da operação estão à disposição do TCU (Tribunal de Contas da União), "como sempre estiveram".
O texto também corrige a informação, divulgada pela imprensa, de que o PT teria distribuído dois milhões de exemplares da revista. Segundo levantamento interno, foram 929.940.
Berzoini lembra que esta não é a primeira vez que procedimentos inconclusos do TCU são alardeados como decisões definitivas e usados com objetivos eleitoreiros contra o PT e o governo Lula.

Leia abaixo a íntegra da nota:

NOTA À IMPRENSA

Em face às matérias divulgadas nos últimos dias na imprensa, relacionadas à distribuição de cartilhas com ações do governo federal, temos a informar que, segundo levantamento interno, o Partido dos Trabalhadores recebeu um montante de 929.940 exemplares (e não dois milhões, conforme publicado por alguns órgãos), e distribuiu na ocasião essas publicações aos seus diretórios e militantes, além de disponibilizá-los em eventos (seminários e reuniões) para os participantes dos mesmos.

Os nomes dos responsáveis pelo recebimento, a quantidade de exemplares, a data de recebimento e as demais informações comprobatórias da utilização dessas cartilhas foram criteriosamente documentadas e estão (como sempre estiveram) à disposição do Tribunal de Contas da União (TCU).

É função do TCU acompanhar e fiscalizar a utilização dos recursos da União com isenção e imparcialidade. O PT sempre apoiou a atuação desse instrumento de controle social. É estranho, porém, que a divulgação precipitada e distorcida desta notícia ocorra em plena campanha eleitoral, e seja tratada por alguns órgãos de imprensa como se já houvesse decisão contrária à distribuição. Isso é inaceitável.

Não é a primeira vez que isso ocorre. Há pouco tempo, em janeiro de 2006, a imprensa divulgou em manchetes um relatório de técnicos do TCU, relativo à compra da carteira de recebíveis do Banco BMG pela Caixa Econômica Federal. As matérias tentavam fazer crer que o TCU já teria se posicionado sobre o assunto, condenando a diretoria da CEF. Em 16 de junho passado, o plenário do TCU, por unanimidade, entendeu não haver irregularidades na operação, fato publicado timidamente pelos jornais.

Ricardo Berzoini
Presidente Nacional do PT

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home