.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sexta-feira, novembro 11, 2005

Rands critica CPMI dos Correios "eleitoreira"

Rands critica CPMI dos Correios "eleitoreira". Esta é a manchete de notícia divulgada no Portal do PT. O blog publica abaixo a visão de um dos deputados da bancada do PT na Câmara dos Deputados:
A prorrogação dos trabalhos da CPMI dos Correios deve se pautar pela necessidade da investigação, e não por interesses eleitoreiros.
A avaliação é do deputado Maurício Rands (PT-PE). Para ele, o requerimento apresentado pelo deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS), para estender os trabalhos até abril de 2006, tem o objetivo de transformar a comissão em palanque eleitoral.
O prazo inicialmente previsto para a conclusão das investigações era 11 de dezembro.
"O requerimento do deputado Onyx Lorenzoni traiu sua verdadeira intenção. Sem qualquer fundamentação, sem demonstrar a necessidade de prorrogação da investigação, muito antecipadamente, ele já propôs um prazo até abril", afirmou.
O petista admite a possibilidade de a CPMI dos Correios "precisar de alguma prorrogação" para a conclusão dos sub-relatórios de Contratos e de Fundos de Pensão.
"É em função desta necessidade que devemos estimar o prazo. Ainda temos um mês para o fim do prazo normal. Depois, é preciso verificar o que precisa acrescentar: se 20, 30 ou 40 dias. Defendemos que façamos esta prorrogação, mas – repito – estimando o tempo em função da necessidade da investigação", disse.
Rands entende que a CPMI já apresentou resultados importantes, como a lista de pessoas que sacaram dinheiro das contas do empresário Marcos Valério de Souza no Banco Rural, em Brasília.
O petista citou ainda o relatório preliminar do deputado Gustavo Fruet (PSDB-PR), sub-relator de Fontes Financeiras da comissão. "Apesar de ter sido incompleto, o relatório fez uma descrição detalhada do funcionamento do valerioduto em 2003 e 2004. Não existe a possibilidade de a CPMI terminar em pizza", afirmou.
Rands defendeu que o relatório de Gustavo Fruet seja reformulado, com informações sobre a origem do chamado valerioduto. "Fruet deveria ter contado a história integral do valerioduto. A CPMI já tinha depoimentos e documentos sobre o funcionamento do valerioduto desde 1998, na campanha do PSDB e do PFL", afirmou.
Para o petista, a "disputa eleitoreira" tem feito com que alguns parlamentares da CPMI se precipitem na divulgação de informações não verificadas.
"Algumas das hipóteses apressadamente como verdadeiras podem não ter comprovação documental e fática. Mas isso é falha de quem avançou para o mérito de hipóteses ou de quem acreditou em denúncias antes de examinar os dados. No afã de utilizar a comissão para arranhar o governo do presidente Lula, acredita-se em hipóteses levantadas antes mesmo do exame dos fatos", alertou.
Segundo Rands, os elementos à disposiçãos "desmontam a conclusão precipitada" de que R$ 10 milhões teriam saído do Banco do Brasil para os cofres do PT. A afirmação foi feita na semana passada pelo relator da comissão, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR). "Isso não é verdade: não houve a transferência de R$ 10 milhões do Banco do Brasil para o PT", afirmou.
O que houve, de acordo com Rands, foi a utilização de recursos que a DNA Propaganda, empresa de Marcos Valério de Souza, recebeu de um contrato com a Visanet.
"A DNA utilizou esses recursos, recebidos desses contratos, para lastrear os empréstimos. O que precisa ser confirmado, portanto, é se esses recursos tiveram efetivamente os serviços realizados. É isso o que se precisa investigar", disse.
Segundo o petista, a apresentação de contratos como lastro para a tomada de empréstimos "é prática comum no mercado".
"Tanto é que, desde 1998, as agências de Marcos Valério de Souza têm dado contratos com seus clientes, sejam públicos ou privados, como garantia de empréstimos – seja para o valerioduto, seja para os empréstimos para o gerenciamento de atividades", afirmou.
Rands pediu vistas no relatório de Gustavo Fruet. Além do petista, parlamentares do PDT, do PMDB e do PPS pediram mais tempo para apreciar o texto.
"Todos viram que o sub-relatório era grande, era complexo, descrevia detalhes a partir de documentos. Evidentemente, ele precisa de uma leitura mais vagarosa e confrontada com documentos de que dispomos. Estamos requerendo vistas para examinar seriamente o documento, até porque percebemos que ele é muito incompleto", afirmou. O prazo para discussão e votação do relatório termina na próxima sexta-feira (18).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home