.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

domingo, dezembro 25, 2005

Parlamentares deverão receber oito salários em três meses

Parlamentares deverão receber oito salários em três meses. A notícia é de Marcos Chagas e Iolando Lourenço, repórteres da Agência Brasil (vamos citar a fonte, caros colegas):
Brasília - Oito salários de R$ 12.842,20 em três meses. Somados aos seis salários a que cada deputado e senador tem direito nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, os parlamentares ganharão ainda mais dois pagamentos pela convocação extraordinária, um no início e outro no final dos trabalhos, somando uma renda de R$ 102 mil em 90 dias.
A convocação do Congresso, neste ano, gerou custos de R$ 95 milhões aos cofres públicos. Para o mês de trabalho – 16 de janeiro a 14 de fevereiro –, a pauta da Câmara prevê a apreciação de 65 matérias. Desde 1995 tramita na Câmara a proposta de emenda constitucional (PEC-14) que reduz o recesso parlamentar para apenas 30 dias ao ano – e não três meses, como acontece hoje. Pela proposta, o funcionamento do Legislativo seria de 1º de fevereiro a 31 de dezembro.
A esta emenda constitucional foram anexadas outras propostas sobre o mesmo assunto, já aprovadas na Comissão de Constituição de Justiça e pela Comissão Especial de Mérito. Falta apenas a votação em plenário e cabe ao presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), incluir a matéria na Ordem do Dia. Desde que assumiu a presidência, Aldo Rebelo tem compartilhado esta responsabilidade com os líderes dos partidos. Também está na pauta da convocação extraordinária a PEC 347 de 1996 que proíbe o recesso parlamentar antes da aprovação do Orçamento Geral da União para o ano seguinte. Constitucionalmente, isso já ocorre com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Na pauta constam outras emendas constitucionais, como a que acaba com a verticalização das coligações partidárias, a da reforma tributária, a que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), a da reforma política e a que muda o rito das medidas provisórias.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home