.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, janeiro 26, 2006

Família Marinho está unida contra crise, diz filho

Moreira Mariz/Agência Senado
O chefe da Divisão de Endereço Eletrônico do Departamento de Negócios e Operações da Internet dos Correios, Maurício da Silva Marinho, disse há pouco que a família dele está unida e ficará unida até o fim para enfrentar a crise por que passa desde a divulgação de recebimento de propina por seu pai. Maurício Marinho, o pai, foi chefe do Departamento de Contratação e Administração de Material dos Correios e se tornou pivô do escândalo de corrupção na empresa após ser filmado recebendo R$ 3 mil de propina, supostamente destinada ao PTB.
"Meu pai é hoje um símbolo da corrupção no Brasil", disse, chorando, Maurício da Silva Marinho em depoimento na Sub-Relatoria de Contratos da CPMI dos Correios.
Segundo ele, seu pai tem um único bem (um apartamento) e sua família é "de bem". "Tenho fé em Deus de que a justiça vai prevalecer e os verdadeiros símbolos da corrupção vão aparecer e serão punidos", afirmou.
Maurício da Silva Marinho depõe na sala 13 da ala Senador Alexandre Costa, no Senado.
As informações são da Agência Câmara.

Comentário do blog: Maurício Marinho nasceu em Aquidauana - cidade a 135 quilômetros a oeste de Campo Grande - portal de entrada do Pantanal de Mato Grosso do Sul, conforme já informei aqui no blog.
Nela, o seu sogro mantém uma pequena loja de jogos eletrônicos, no Centro.
Não há nenhuma demonstração ou ostentação de riqueza, realmente.
O que se comenta em Aquidauana, e já noticiei aqui no blog, é que Marinho pai vinha sempre ao município, para fazer pescarias no Pantanal, sempre acompanhado de amigos.
Há, ainda, o polêmico reconhecimento, feito por meio de fotos publicadas na revista Veja, de uma pessoa que garante ter visto Maurício Marinho saboreando peixes do rio Aquidauana, ao lado do ex-deputado Roberto Jefferson, do Rio, nesta região.
Marinho e Jefferson negam toda a história. A entrevista dessa "testemunha ocular da História" - embora não seja o "Repórter Esso", foi levada à Brasília no início de agosto do ano passado pelo senador Edurado Suplicy (PT-SP). Jefferson reagiu violentamente e rasgou as laudas onde a reportagem deste blog estava impressa.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home