.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

segunda-feira, agosto 07, 2006

Campanha em MS 'é um braseiro e muito cara'

Conversei com um experiente político de Mato Grosso do Sul.
Candidato à reeleição, ele me confidenciou que "esta campanha eleitoral é totalmente diferente das outras, não só pela nova Lei Eleitoral, que restringe a ação dos candidatos, mas principalmente pelo aparente 'silêncio' nas ruas."
Ele explica: "Este Estado está incandescente, como um verdadeiro braseiro; se você mexer, o fogo sobe e as labaredas podem atingir quem estiver perto."
Ele garante que "há muita circulação de dinheiro vivo, pois esta será uma eleição muitíssimo mais cara que as anteriores, mesmo com todas as restrições impostas pela nova Lei Eleitoral."
O candidato constata que "quanto mais proibem, mais cara e 'complicada' fica uma campanha política."
Para bom entendedor, fica o recado claro: Esta campanha é para profissionais da política e terá rios de dinheiro circulando por todos os cantos e, mais uma vez, a compra de votos será uma realidade.
Quem tiver mais "recursos" ganha a eleição e toma posse em 2007.
Os outros... Bem, os outros ganharão muita experiência. Nada de mandato, no entanto.

Leia a página especial que fiz - A LUTA DE UM REPÓRTER PELA VIDA -, mostrando a campanha contra o narcotráfico na fronteira, e com dicas e links para a prevenção ao uso e abuso de drogas, clicando AQUI

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home