.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, junho 18, 2008

Grupo do prefeito Orro não abre mão de disputar a eleição

Fotos: Reinaldo Bezerra/Pantanal News
Prefeito Felipe Orro (PDT), vereador Vanildo Neves (PSDB), empresário Zelito Ribeiro (PMDB) e vereador Iran Rezende; durante lançamento das obras de iluminação do Estádio Municipal

O grupo do prefeito de Aquidauana, Felipe Orro (PDT), dá demonstrações de que não abrirá mão da disputa eleitoral, em 5 de outubro.
Eu entrevistei e conversei, há pouco, com o prefeito Felipe Orro, durante o lançamento das obras de iluminação interna do Estádio Municipal, na Vila Noroeste.
Chamou a atenção o fato de o prefeito estar ao lado do seu tio, Zelito Ribeiro (PMDB), pré-candidato a candidato a prefeito.
Se ainda fosse candidato a prefeito, Zelito Ribeiro não poderia se arriscar, participando de uma cerimônia de lançamento de obras, pela Prefeitura de Aquidauana.
Perguntei a Zelito Ribeiro como foi a sua conversa com o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), no fim da tarde de ontem (17), em Campo Grande, 135 quilômetros a leste de Aquidauana.
Ele disse que foi boa, mas sem nenhuma definição no tocante ao quadro sucessório municipal. O governador não teria "batido o martelo", ou seja, anunciado qual é o seu candidato a prefeito de Aquidauana pelo PMDB, o seu partido.
O prefeito Felipe Orro (PDT) disse as mesmas coisas. Que o governador é amigo de todas as pessoas que estão no PMDB de Aquidauana e, por isso, aquela que for escolhida pela convenção municipal - às 19 horas da sexta-feira (20), no Plenário da Câmara de Vereadores -, terá o seu apoio.
No entanto, este blogueiro sente, nas entrelinhas das conversas, que já haveria uma definição quanto ao candidato do PMDB. Não seria escolhido, ao que tudo indica, o pré-candidato Zelito Ribeiro. Por isso, o grupo do prefeito Felipe Orro vai para o chamado "tudo ou nada".
Se o candidato do PMDB não for Zelito Ribeiro, o grupo Orro não faria acordo com aquele escolhido em convenção e, com isso, partiria para o confronto.

No estádio Municipal de Aquidauana, há pouco: Radialista Mauro Lúcio Ortiz; secretário de Ação Social, Salim; presidente do Aquidauanense Futebol Clube, João Garcia (PDT); presidente da LEA (Liga Esportiva Aquidauanense), Antonio Pinto; prefeito Felipe Orro; presidente da FEMA (Fundação de Esporte do Município de Aquidauana), Jerônimo Falcão; vereador Vanildo Neves (PSDB), empresário Zelito Ribeiro (PMDB), vereador Iran Rezende e chefe de gabinete Mario Nelson Argerin

A opção, neste caso - depois de estudada a estratégia de lançar como candidato a prefeito o atual vice de Felipe Orro, José Henrique Trindade (PMDB); que teria apoio de Zelito Ribeiro e, talvez, de Tinho Proença -, seria trabalhar dentro do PDT (Partido Democrático Brasileiro).
Nele, estariam à disposição os nomes do presidente licenciado do Sindicato Rural de Aquidauana, Odilon Ribeiro, irmão de Zelito Ribeiro, que é tio de Felipe Orro; e do ex-prefeito e ex-deputado estadual Raul Freixes. Restaria saber qual dos dois seria o chamado cabeça de chapa, ou candidato a prefeito.
Esta, ao que tudo indica - pelo menos até o momento em que escrevo esta notícia -, seria a última das opções viáveis. Raul Freixes (PDT), em todas as pesquisas realizadas, aparece entre os três primeiros com maiores intenções de votos dos eleitores aquidauanenses. Contra ele pesa, atualmente, uma condenação - em primeira instância - por suposto desvio de dinheiro da Prefeitura de Aquidauana, no período em que foi o seu ordenador de despesas. Outro ponto considerado desfavorável para Raul Freixes é a antipatia que o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), tem por ele.
Como já escrevi aqui no blog, dias atrás, poderá haver, em Aquidauana, um verdadeiro "Duelo de Titãs". De um lado, o grupo do prefeito Felipe Orro (PDT) e partidos coligados e, no campo oposto, o candidato do PMDB do governador André Puccinelli e aliados.
Quem viver, verá.
O blog acompanha tudo.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home