.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sábado, dezembro 27, 2008

Prefeito Orro pratica um 'festival de imoralidades', denuncia Fauzi Suleiman

Reinaldo Bezerra/Pantanal News
Fauzi Suleiman (terceiro a partir da esq.) denuncia "festival de imorali-
dades" na Prefeitura de Aquidauana




O prefeito eleito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), afirma que a administração de Felipe Orro (PDT) faz um "festival de imoralidades", principalmente nos últimos três meses.
O político, que assumirá a prefeitura em 1º de janeiro, depois de oito anos de mandato de Felipe Orro, diz que a contratação de uma empresa privada, para a coleta do lixo no município, será revista pelo seu governo. "Não é possível a prefeitura contratar uma empresa, com 120 ou 130 funcionários, e deixar sem função as pessoas que passaram, por meio de concurso público, para exercer o cargo de gari em Aquidauana", declara Fauzi.
Para ele, outra imoralidade é a terceirização da Rodoviária de Aquidauana, "entregue à uma filha de um assessor do atual prefeito, Felipe Orro". Fauzi lembra que, atualmente, a Rodoviária de Aquidauana tem uma receita mensal de R$ 5 mil. "Esse dinheiro vai para o cofre da prefeitura; agora, com a terceirização, a pessoa que explora a Rodoviária pagará apenas R$ 1,5 mil à mesma Prefeitura de Aquidauana. Como é possível que essa conta seja favorável ao município?", pergunta o prefeito eleito.
Fauzi Suleiman lembra, ainda, que a Prefeitura de Aquidauana, 135 quilômetros a oeste de Campo Grande, tem pendências com o SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal) e, por isso, corre o risco de perder verbas importantes, a partir de 2009. "Até 30 de dezembro [próxima terça-feira] a prefeitura terá que enviar a documentação que a CEF (Caixa Econômica Federal) exige, para que seja enviada a verba destinada ao asfalto para várias ruas de Aquidauana; o primeiro prazo era até 30 de novembro, foi prorrogado e, até agora, nada foi feito pelo prefeito Felipe Orro e sua equipe; tentamos contato com ele mas não conseguimos; corremos o risco de perder R$ 2 milhões, que poderão ser jogados no lixo", diz Fauzi.
Outra imoralidade, citada pelo prefeito eleito, está relacionada com "as doações de terrenos e tantas outras coisas, feitas em fim de mandato pelo atual prefeito e que, para mim, são mais um escândalo". Fauzi explica não ser contra doações feitas às pessoas que realmente precisam. Para ele, os critérios têm que ter, acima de tudo, a moralidade e a transparência.
"Não se pode, como já disse anteriormente, confundir cordialidade e diplomacia, ambas usadas pela minha equipe de transição, com ingenuidade; aqui não tem nenhum bobo", afirma Fauzi Suleiman.
Ele garante que a sua equipe jurídica irá rever todos os contratos firmados pela Prefeitura de Aquidauana nos últimos meses da gestão de Felipe Orro.
A entrevista do prefeito eleito Fauzi Suleiman (PMDB) foi concedida, ao vivo, na rádio Independente, na quarta-feira (24). Ele estava acompanhado dos gerentes de Governo, Marcus Chebel; de Saúde e Saneamento, Paulo Reis; e do procurador jurídico, André Beda. O advogado e vice-prefeito eleito de Anastácio, Douglas Figueiredo, também participou da entrevista, dentro do Programa Armando Anache, das 8 h às 10h30.

1 Comments:

Blogger Laguardia said...

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.

quarta-feira, março 11, 2009 9:44:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home