.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, abril 11, 2013

Exclusivo: Prefeito deixa mais de R$1,3 mi de dívida com a ENERSUL

EXCLUSIVO: Blog do Armando Anache obtém 

documento que comprova dívida deixada por Fauzi
Suleiman PMDB), quando prefeito de Aquidauana





































O ex-prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), deixou uma dívida de R$1.341.425,99 (um milhão, trezentos e quarenta e um mil, quatrocentos e vinte e cinco reais e noventa e nove centavos), relativa às "faturas de consumo de energia elétrica dos próprios [imóveis] municipais , vencidas e não pagas, referentes aos meses de novembro de 2011 a novembro de 2012".

Confissão

Em 6 de dezembro de 2012, o então prefeito de Aquidauna, Fauzi Suleiman -que foi reeleito na eleição de outubro daquele mesmo ano, mas não assumiu o cargo, condenado pela Justiça Eleitoral em primeira instância, com recurso tramitando em tribunais superiores-, procurou a ENERSUL (Empresa Energética do Mato Grosso do Sul S.A.) e assinou, representando o município, um "Instrumento Particular de Confissão de Dívida, Compromisso de Pagamento e Outras Avenças - I - GRPP Nº 041-I-DOP/12.2012" [Veja a cópia do documento, obtida com exclusividade pelo Blog do Armando Anache; para ampliar o tamanho, clique sobre a foto do documento].

Parcelas

Por meio desse documento, assinado por Suleiman, "...o município obriga-se por este instrumento à liquidação do referido débito em 60 (sessenta) parcelas mensais -o que equivale a cinco anos- no valor cada de R$ 29.839,28, já acrescidas de juros de 1% ao mês, cobradas a partir de dezembro de 2012 na UC 120260, lançadas em fatura de responsabilidade do município [de Aquidauana]".

Assinatura do então prefeito Fauzi Suleiman, em 6 de

dezembro de 2012 -último mês do seu governo- prova
que a confissão da dívida de mais de R$1,3 mi foi feita 
à ENERSUL
Ilegal

Com esse procedimento, segundo fontes consultadas pelo Blog do Armando Anache e, também, conforme entrevista concedida pelo prefeito de Aquidauana, Zé Henrique Trindade (PDT), Suleiman deixou dívida para o próximo período de mandado, contrariando a Lei de Responsabilidade Fiscal. "Um prefeito não pode deixar dívidas com um número de parcelas que ultrapassem o período do seu Governo", disse o atual prefeito Zé Henrique Trindade, empossado em 1º de janeiro de 2013.

Fauzi nega

Em entrevistas e por meio de redes sociais na internet, o ex-prefeito Fauzi Suleiman sempre afirmou que havia se preparado, nos últimos dez anos, antes da sua posse em 1º de janeiro de 2009, para governar Aquidauana. Também nega ter deixado dívidas na Prefeitura de Aquidauana. O documento, obtido com exclusividade pelo Blog do Armando Anache, prova o contrário.

Outro lado

Procurado pelo Blog, o ex-prefeito Fauzi Suleiman não foi encontrado para falar a respeito da dívida deixada por ele, junto a ENERSUL e que se refere ao próprio prédio da Prefeitura e outros, segundo informam o prefeito Zé Henrique Trindade e procurador jurídico Heber Seba.


0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home