.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, novembro 30, 2005

Queda no setor agropecuário e na indústria influiu na retração do PIB, aponta IBGE

Queda no setor agropecuário e na indústria influiu na retração do PIB, aponta IBGE. A notícia é de Daisy Nascimento, repórter da Agência Brasil:
Rio – A retração de 1,2% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, registrada entre julho a setembro deste ano em relação ao trimestre passado, foi causada, em parte, pela queda de 3,4% no setor agropecuário e de 1,2% na indústria. Os dados foram divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o terceiro trimestre de 2004, a soma das riquezas e serviços do país registra crescimento de 1%.
Outro fator que influenciou foi a construção civil, que teve queda de 1,9%, segundo a gerente das Contas Nacionais Trimestrais, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rebbeca Palis.
A queda nas produções de trigo (11%), café (11,8%) e laranja (2,6%) na safra 2005 foi o principal fator para o recuo na agropecuária. Na indústria, a maior influência foi a queda de 1,9% na construção civil e de 0,9% na indústria de transformação - que inclui siderurgia, petroquímica, vestuário, calçados, máquinas e equipamentos, adubos e fertilizantes. O setor também foi influenciado pelos resultados negativos de extração de petróleo e gás natural e de minério de ferro. O setor de serviços teve o melhor desempenho no terceiro trimestre de 2005, quando comparado ao mesmo período do ano passado, apresentando taxas positivas em todos os subsetores. Os destaques são para o transporte, que cresceu 3,2%, influenciado, principalmente, pelo transporte aéreo; e o comércio no atacado e no varejo, que registrou aumento de 2,3%.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home