.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Ouvindo Doalcei Camargo, volto para atualizar o blog

Tive que viajar ontem (7) para Campo Grande - a 135 quilômetros a leste de Aquidauana e Anastácio - para tratar de assuntos pariculares e também das empresas.
Na correria, acabei não levando comigo o "notebook", para acessar a internet e atualizar o blog.
Há pouco, na BR-262, que liga Campo Grande a Aquidauana e Corumbá, na fronteira com a Bolívia, percorri o "dial" do rádio do carro, ouvindo a Rádio Independente - cuja cobertura aumenta muito nesta época do ano, devido às chuvas fortes que alagam o sistema irradiante, onde está a torre com 72 metros de altura - e as emissoras do Rio de Janeiro, Globo e Tupi; onde estão muitos velhos amigos dos bons tempos em que eu trabalhava e estudava lá.
Foi uma alegria muito grande ouvir o excelente Doalcei Bueno de Camargo, cronista esportivo e narrador de futebol da Rádio Tupi do Rio.
Em 1978, quando cheguei ao Rio, para cursar a universidade de engenharia eletrônica, conheci toda a equipe da Rádio Tupi, que ainda não estava instalada na Rua do Livramento, no Centro. Com o amigo e conterrâneo Ênio Carlos Barbosa, irmão do excepcional comunicador Acyl Barbosa, da Rádio Clube de Corumbá, conheci toda a equipe da Tupi do Rio, que tinha Paulo Lopes, Paulo Barbosa, Nena Martinez, Doalcei Camargo e outros grande nomes do rádio.
Naquele ano, transmitimos a Copa do Mundo - por meio de linha física, via Embratel - pela Rádio Clube de Corumbá, em rede com a Super Rádio Tupi do Rio.
No seu comentário desta noite na Rádio Tupi, Doalcei Camargo lembrava dos velhos tempos, quando as transmissões de rádio ainda não tinham a tecnologia disponível hoje. Doalcei agradecia, ainda, as palavras do diretor da Rádio Tupi, Alfredo Raimundo, que distribuiu texto a todos os comunicadores, informando sobre a volta do grande narrador aos microfones da emissora, sintonizada em 1.280 kHz.
Dirigindo o carro pela BR-262, e ouvindo a voz forte de Doalcei Camargo neste Dia do Cronista Esportivo, pude voltar no tempo e relembrar daqueles velhos tempos no Rio de Janeiro naquele fim dos anos 1970 quando, filiado à ABRACE (Associação Brasileira de Cronistas Esportivos) ia ao Maracanã para fazer entrevistas com os jogadores de futebol, técnicos e dirigentes para, depois, enviar as fitas K-7 para a Rádio Clube de Corumbá no dia seguinte, pelo avião da VASP que decolava do Aeroporto Internacional do Rio - atual Tom Jobim - às 10h30.
Bons tempos. Tempos muito bons.
Que bom ouvir novamente o grande Doalcei Camargo. Ele vibra, emociona, informa, debate. Ele é um dos grandes deste maravilhoso veículo de comunicação chamado Rádio.
Valeu, querido Doalcei.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home