.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sábado, dezembro 17, 2005

PFL quer destituição de dirigentes de fundos de pensão que aplicaram no Santos

PFL quer destituição de dirigentes de fundos de pensão que aplicaram no Santos. A notícia é de Bernardo de la Peña, do Globo Online (vamos citar a fonte, caros colegas):
BRASÍLIA - O líder do PFL na Câmara, deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ), pretende pedir a destituição de dirigentes dos três fundos de pensão ligados a empresas estatais que fizeram investimentos no Banco Santos poucos dias antes da intervenção do Banco Central na instituição. Segundo a CPI dos Correios, a Funcef (Caixa Econômica Federal), a Postalis (Correios) e o Nucleos (empresas da área de energia nuclear) investiram aproximadamente R$ 23,5 milhões menos de 10 dias antes da intervenção feita no dia 12 de novembro de 2004.
A Funcef aplicou, segundo a CPI, R$ 10 milhões no Santos no dia 5 de novembro, sete dias antes do BC atuar. A Postalis tinha R$ 9,750 milhões investidos no banco, sendo que R$ 1 milhão foi destinado a instituição, de acordo com os dados obtidos pela comissão, no dia da intervenção. J á o Nucleos aplicou R$ 3,6 milhões no Santos, R$ 1,8 milhão no mesmo dia 12 de setembro em que foi feita a intervenção.

Para ler a notícia completa, no Globo Online, clique AQUI

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home