.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Governador quer calar juiz do Caso Campina Verde

Governador quer calar juiz do Caso Campina Verde. A notícia, de Beatricce Bruno, é manchete na edição de hoje do jornal "Correio do Estado", de Campo Grande:
O governador José Orcírio dos Santos (PT) disse que vai entrar com uma representação criminal no Ministério Público Federal pedindo abertura de processo contra o juiz federal Odilon de Oliveira. Ele acusou o juiz de divulgar as cartas anônimas que estão anexadas no processo em que aparece o nome dele, de estar impedindo o acesso aos documentos pelos advogados de defesa dos proprietários da Cerealista Campina Verde Armazéns Gerais e também disse que vai fazer uma varredura nos telefones da Governadoria porque, segundo ele, tudo o que é conversado dentro dos gabinetes é publicado no dia seguinte pelo Correio do Estado. "Vou fazer uma varredura aqui e também saio daqui direto para o Ministério Público Federal entrar com representação contra o juiz Odilon. Acho muito engraçado que um juiz federal tome decisões baseado em cartas anônimas que ainda estão sob investigação da Polícia Federal", disparou, afirmando que iria sair direto da coletiva de imprensa – que convocou ontem para explicar as motivações que o levaram a apresentar a representação contra o juiz – para o MPF.

Para ler a notícia completa, na edição de hoje do "Correio do Estado", clique AQUI

Comentário do blog: Esta é, como diz o colega Washington Rodrigues, o "Apolinho" da Rádio Tupi do Rio, "uma briga de cachorro grande".
Para quem estudou jornalismo comparado, basta ler as duas manchetes dos dois jornais de Mato Grosso do Sul, que publico aqui no blog.
O "Diário MS" noticia a ação do governador contra o juiz. O "Correio do Estado" dá ênfase à suposta tentativa do governador de "calar o juiz".
O dono do Grupo Correio do Estado, o maior de Mato Grosso do Sul na área de comunicação, é presidente regional do PTB e pré-candidato a deputado estadual.
Nessa "briga de cachorro grande", existem muitos interesses que vão além dos fatos noticiados e das versões divulgadas nos MCM (Meios de Comunicação de Massa).
Só isso. Ou tudo isso.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home