.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Relator da CPI dos Correios diz que vai insistir na quebra de sigilo contábil do PT

Notícia de Priscilla Mazenotti, repórter da Agência Brasil:
Brasília - O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), disse hoje que vai insistir na quebra do sigilo contábil do Partido dos Trabalhadores (PT), mas não como prioridade. "O requerimento está na pauta, mas eu nem coloco como prioridade. Parece que eu estaria incidindo em cima do PT eu não tenho essa intenção. Não quis causar alvoroço em ninguém", disse Serraglio. Ele informou que será pedida a quebra de sigilo do PT Nacional nos últimos cinco anos.
O deputado não descartou a possibilidade de também pedir a quebra do sigilo contábil de outros partidos. "Acho que é possível, principalmente em relação ao PSDB". Neste caso, a investigação seria no diretório estadual, "no episódio Eduardo Azeredo", disse o relator, ressaltando que a CPMI se restringe a investigações nacionais, e não estaduais.
Serraglio mostrou-se interessado em uma manifestação da Polícia Federal (PF) sobre a chamada lista de Furnas. Ele questionou se a PF tem uma perícia para saber se a lista é verdadeira. Segundo o deputado, o lobista Nilton Monteiro, que entregou a lista de Furnas à PF, ofereceu-se para comparecer à CPMI. "Isso aqui não é um palco. Se ele tiver um recibo verdadeiro, que apresente à PF e aí nós passamos a ser provocados. Nós não damos palco para ninguém".
O relator informou que, depois do Carnaval, os integrantes da CPMI vão se reunir para definir a conclusão das investigações. "Tudo o que estabelecemos é que na primeira semana depois do Carnaval nós vamos nos reunir para dar uma afunilada. Temos de ser pragmáticos", afirmou.

1 Comments:

Blogger Patrick Gleber said...

Armandinho,

Ontem em visita ao Piauí o presidente Lula voltou a atacar os governadores, subliminarmente, Geraldo Alckmin. Veja mais no meu blog (www.pensarpolitico.blogspot.com)

Patrick Gleber

quinta-feira, fevereiro 23, 2006 11:19:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home