.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, abril 18, 2006

Tucanos: Thomaz Bastos age como advogado do governo Lula

Notícia do site do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira):
Partido cobrará explicações de ministro durante depoimento na Câmara
Brasília - Parlamentares do PSDB vão cobrar explicações de Márcio Thomaz Bastos sobre sua atuação suspeita ao longo do governo Lula: além de ocupar o cargo de ministro da Justiça - o mais tradicional da República - não faltaram situações nas quais agiu como típico advogado da atual gestão, de amigos do Partido dos Trabalhadores ou de ministros de Estado envolvidos em algum delito.
POSTURA CONDENÁVEL
Bastos comparecerá à Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados na próxima quinta-feira, às 10 horas (horário de Brasília). O "ministro-advogado do Planalto" terá que esclarecer não somente sua participação pessoal no episódio da quebra de sigilo do caseiro Francenildo Costa, mas também se defender da acusação de que tentou esconder a atuação do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci e do ex-presidente da Caixa Jorge Mattoso no episódio, pivô da mais recente crise política do governo Lula.

Para ler a notícia completa, no site do PSDB, clique AQUI

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home