.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, setembro 13, 2006

Delcídio vai ampliar políticas públicas para carentes

Divulgação/Assessoria Delcídio do Amaral
Ao receber ontem (12), o apoio dos moradores de Furnas do Dionísio, comunidade quilombola que vive no município de Jaraguari, a 43 quilômetros de Campo Grande, o candidato ao governo do estado pela coligação Um Novo Avanço para Mato Grosso do Sul, Delcidio do Amaral, reafirmou seu compromisso com a manutenção e a ampliação de políticas públicas voltadas para os setores menos favorecidos da população e o reforço da atuação da Coordenadoria das Políticas Públicas de Igualdade Racial.
- Além de manter as conquistas alcançadas durante o atual governo, vamos buscar ações que proporcione auto-sustentabilidade às famílias e que garantam aos jovens o acesso à educação, para que ele possam ter melhores condições de vida - destacou Delcidio.
O candidato ouviu do presidente da Associação dos Pequenos Produtores, Julio Martins, o pedido de apoio à agricultura, que garante a sobrevivência das 80 famílias residentes na área de 500 hectares, dos quais, pelo menos 80% , formados por morros, são impróprios para o plantio. As famílias cultivam lavouras de subsistência (feijão e hortifrutigranjeiros), além da cana-de-açúcar, que é usada para a fabricação de rapadura e do açúcar mascavo, em uma micro-indústria instalada pelo governo do estado, através do programa Prove Pantanal. De acordo com Júlio Martins, as famílias enfrentam dificuldades para arar a terra, porque só há um trator (cedido pela Prefeitura de Jaraguari) e falta um caminhão para levar para a cidade o que se produz ali.
- Nossos filhos, quando terminam o ensino médio, não querem ficar mais aqui, porque a renda obtida com a lavoura é insuficiente para atender as necessidades da família inteira - explicou o líder da comunidade.
Delcídio ficou sensibilizado com as reivindicações e disse que além continuar com os programas sociais, com a construção de moradias e a extensão de rede de água, pretende estimular a organização da comunidade em um núcleo associativo para agregar valor ao que produzem, respeitando suas tradições.
Povos indígenas
Além de ampliar as políticas públicas de promoção da igualdade racial, Delcidio vai dar especial atenção aos povos indígenas, que precisam de novas perspectivas de vida com acesso a direitos fundamentais da cidadania.
- Vamos articular com a União e com os municípios ações integradas destinadas as comunidades indígenas nas áreas de educação, saúde, desnutrição infantil, alcoolismo, além de cobrar e agir de forma cooperada com o Governo Federal, para demarcação das terras indígenas em áreas de conflito - destaca o candidato.
Delcídio vai manter o programa habitacional Casa do Índio, respeitando a cultura e valorizando os costumes indígenas. Ele vai criar escolas indígenas diferenciadas, segundo o modelo intercultural e bilíngüe em cada uma das regiões com maior concentração de povos indígenas : Kadiwéu, na Serra da Bodoquena; Guarani-nandeva, na fronteira com o Paraguai; Guató, na região do Pantanal e Guarani-kaiowa, em várias regiões do Estado. Delcidio pretende também adequar o atendimento da saúde as características dos povos indígenas, especialmente, a população infantil.
As informações são da assessoria de imprensa do candidato Delcídio do Amaral

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home