.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, setembro 12, 2006

Voto silencioso pode eleger candidato da terra, diz Paulo Reis

O candidato a deputado estadual Paulo Reis (PMDB) - que acompanhei com a reportagem na tarde e na noite de hoje, atendendo convite da sua assessoria - disse, na Associação Comercial e Industrial de Aquidauana, onde fez reunião com o empresariado local, ao lado do deputado federal Moka (PMDB) e do empresário Fauzi Suleiman, que "o voto silencioso poderá eleger um candidato da terra [Aquidauana e Anastácio, a 135 quilômetros a oeste de Campo Grande] e eu poderei mostrar o que é ser deputado por Aquidauana, pois não é possível que se continue fazendo aqui a política do medo e da pressão contra as pessoas e, principalmente, contra empresários da região que, muitas vezes, têm até mesmo medo de participar de encontros políticos."
Era uma referência ao grupo do prefeito de Aquidauana, Luiz Felipe Ribeiro Orro (PDT), que não apóia a sua candidatura a deputado estadual.
O deputado federal Moka (PMDB) disse que, daqui a dois anos, em 2008, tem um compromisso com André Puccinelli, "que é apoiar uma candidatura própria à prefeitura de Aquidauana e isso só não acontecerá [disse enfaticamente e olhando para Paulo Reis e Fauzi Suleiman] caso o PMDB local abrir mão desse direito.
Moka chamou de "enfrentamento" a campanha política de 2008, que elegerá prefeitos e vereadores em Aquidauana e Anastácio. Com ele, na mesa montada pela presidente da Associação Comercial, Marina Nogueira, o ex-prefeito de Anastácio, Nildo Alves de Albres, ouvia a tudo atentamente. Depois, na Chácara do Bedim, no bairro Nova Aquidauana, Nildo disse que "quando fui prefeito, o deputado federal Moka me ajudou muito, mesmo eu sendo integrante do PSDB e ele do PMDB."

Comentário do blog: Aqui na região, grupos políticos distintos - que não podem ser convidados para sentar à mesma mesa para saborear um bom churrasco pantaneiro - apóiam o candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli; Marisa Serrano ao Senado e Geraldo Alckmin para a Presidência.
No entanto, quando a questão passa à ser a escolha dos candidatos a deputados federais e estaduais, as preferências mudam. Apóia-se, por exemplo, Alckmin, André, Marisa e um federal do PT e um estadual do PSDB ou PMDB e assim por diante.
O candidato Paulo Reis prega, em todos os cantos, que é o candidato da terra, ou seja, dos municípios de Aquidauana e Anastácio que, como lembrou nesta noite o empresário Fauzi Suleiman, têm juntos 52 mil eleitores e, portanto, a possibilidade de eleger dois até dois deputados estaduais.
Até o fim desta legislatura, os dois municípios têm, na Assembléia Legislativa, os deputados Raul Freixes (PTB) [que apóia Delcídio do Amaral (PT) para governador] e Roberto Orro (PDT) [pai do prefeito de Aquidauana e que apóia, com o seu grupo e do filho, André Puccinelli (PMDB) ao governo do Estado].
Posso antever, para 2008, uma quentíssima campanha política aqui na região. A pergunta é: Qual será o grupo que receberá o apoio do PMDB, caso André Puccinelli - hoje ele está em primeiro lugar nas pesquisas - seja eleito governador?
Como diz o meu colega dos tempos do Sistema Globo de Rádio, Washington "Apolinho" Rodrigues, hoje na Super-RádioTupi do Rio, "essa é uma briga de cachorro grande." É melhor este simples repórter não se meter nela. Apenas noticiar é o mais indicado remédio.
Como escrevia Ibrahim Sued, no "Globo": "E ademã, que eu vou em frente." Afinal, "em sociedade tudo se sabe."

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home