.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sexta-feira, setembro 15, 2006

Os ataques de 11 de setembro: Blog recebe e-mail dos Estados Unidos

Arquivo/Armando Anache/Julho 1994

O diretor do serviço brasileiro da Rádio Voz da América, Neils Lindquist, num dos estúdios na sede em Washington, DC, em julho de 1994

Recebo da Flórida, nos Estados Unidos, onde curte a sua aposentadoria, o e-mail - enviado no dia 12 mas só recebido ontem (14) - que publico abaixo, do querido amigo e ex-diretor do serviço brasileiro ("brazilian branch") da Rádio Voz da América (Voice of America), Neils Lindquist:

Meu Querido Armando,
Li com muito interesse o "blog" do amigo e fiquei espantado, não só com o texto, mas ao ver fotos dos "velhos" tempos. Agradeço, como bom "American" (americano), as palavras tão sinceras do amigo sobre aquele dia tão sombrio, 11/9/2001.
Passei a parte da manhã de ontem (11) assistindo um "replay" (repetição) dos acontecimentos na TV.
Fico espantado, até hoje, ao perceber como não tinhamos idéia do "porquê" dos ataques por tanto tempo. A confusão naquela manhã era demais. Lembro muito bem da nossa conversa na radio [Independente de Aquidauana, AM 1020kHz, com 10kW].
Falando de coisas melhores, o tempo aos poucos está esfriando -- baixando do calor pantaneiro (Orlando é quase igual a Corumbá) com a chegada do inverno. Aqui a gente usa o ar condicionado nove meses ao ano. Não estou reclamando, mas quando começam os tempos mais frescos todo mundo se anima.
Jantei há pouco no Texas de Brasil, uma rede de churrascarias. Você acredita que cobram U$45 por cabeça, sem imposto e gorjeta? Uma caipirinha custa U$7,50... Mas valeu a pena comer uma picanha super gostosa. O pior foi que não encontrei nenhum brasileiro no restaurante -- mas só se come fazendo reserva -- o Americano gosta de um bom churrasco. Melhor só se encontra no terraço do prédio do amigo.... Que noite foi aquela! [Em agosto de 1994, quando Neils Lindquist esteve em Corumbá, na fronteira com a Bolívia, com o engenheiro eletrônico Kong Hong, da Rádio Voz da América - do governo dos Estados Unidos, para instalar o sistema de recepção da programação, via satélite, na rádio Clube; esta transmitia os noticiários, por meio de LP (Linha de Programação), à rádio Independente, formando a CPN (Central Pantaneira de Notícias) e cobrindo toda a região do Pantanal Sul e o sudoeste de Mato Grosso do Sul, até Campo Grande]
Bem, como sempre, estamos aqui aproveitando a boa vida. As "meninas" Zoey e Holly [duas lindas cadelas que Neils adotou e cria] celebraram seis meses em casa há pouco. São ótimas companheiras e muito mimadas.
Meu querido irmão do sul, um forte abraço e para a sua querida Tereza um beijo.
Um dia estaremos juntos. Isto é uma promessa.
Abração,
Neils

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home