.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sexta-feira, maio 23, 2008

Garibaldi diz que alertas de Jefferson Péres devem ser lembrados

[Foto: presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho]

Entre as várias entrevistas concedidas na manhã de hoje, o presidente do Senado, Garibaldi Alves Filho, afirmou que, em fevereiro deste ano, quando sustentava que o Executivo se excedia na edição de medidas provisórias, interferindo nas prerrogativas do Congresso, o senador Jefferson Péres (PDT-AM), que morreu pela manhã, expressou todo o seu apoio à independência do Parlamento.

- Ele fez um discurso defendendo minha luta contra as medidas provisórias. E terminou esse discurso com o alerta: "Não se deixe abater, não desanime". No dia sua morte, tenho que pensar nisso, não desanimar - disse.

Na opinião de Garibaldi, em matéria de ética e moral, a morte de Jefferson Péres trouxe grandes perdas para o Senado. Ele disse que, a despeito de haver muitos parlamentares que defendem a ética e a moralidade, Jefferson Péres superava os demais por aliar sua dimensão intelectual à bravura e independência.

- Ele se agigantava nessa luta - lembrou Garibaldi.

Ainda de acordo com o presidente do Senado, o primeiro suplente do senador morto, Jéferson Praia Bezerra, também do PDT, que ele acredita que também deverá ser um dos sustentáculos da independência do Legislativo e da defesa da Amazônia, certamente terá dificuldade em ombrear-se com o titular do mandato.

- Substituir Jefferson Péres não é fácil. Ele era muito em tudo. Ele era superlativo. Não era um senador fácil de ser substituído. Nós todos devemos nos unir para preencher essa lacuna, essa falta que Jefferson Péres já faz - destacou.

As informações são de Teresa Cardoso, da Agência Senado

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home