.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quinta-feira, fevereiro 23, 2006

Juiz diz evitar acesso a cartas para preservar nomes

Notícia de Fernanda Mathias, do site Campo Grande News:
O juiz federal Odilon de Oliveira disse em entrevista veiculada esta manhã pelo programa “94 Notícias”, da FM 94, que tem adotado medidas para preservar imagens de autoridades citaras em cartas-anônimas que recebeu sobre o caso Campina Verde, que investiga uma grande esquema de sonegação por empresários de Dourados. Ontem o governador de Mato Grosso do Sul, Zeca do PT, anunciou que vai entrar com representação contra o juiz por ter seu nome divulgado como citado em uma das cartas-anônimas que chegou à PF. Zeca disse ainda que irá tratar do assunto com o Ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos. Odilon confirmou que as cartas começaram a chegar em julho de 2004, foram 12 à PF e três que chegaram ao juiz. Ele disse que, a Justiça Federal, tomando conhecimento de que alguma carta estaria circulando pela cidade, tomou providência para proibir extração de seus conteúdos, inclusive por advogados. “A penúltima carta anônima deixei de anexar para preservar imagens de autoridades nela relacionadas”, argumentou.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home