.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

quarta-feira, junho 19, 2013

Liminar do TRE garante a volta de Zé Henrique à Prefeitura

Prefeito de Aquidauana, José Henrique Trindade, sob efeito de uma liminar, concedendo
efeito suspensivo, volta ao trabalho normal, ao lado do vice Tião Sereia
O prefeito de Aquidauana, José Henrique Trindade (PDT), 53 anos, volta às suas funções, junto com o seu vice, Tião Sereia.
Uma liminar do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), com "efeito suspensivo", acaba de chegar à Justiça Eleitoral. Assim, fica suspensa a sentença do juiz de primeira instância, José de Andrade Neto, que cassou, na semana passada, os diplomas de Zé Henrique Trindade Tião Sereia.
Ambos haviam sido afastados, por meio de "atos de ofício", expedidos pelo juiz eleitoral substituto da Comarca, Giuliano Máximo Martins, na tarde de ontem (18).
Na manhã desta quarta-feira (19), depois de intimada pela Justiça Eleitoral, a presidente da Câmara, Luzia Cunha (PT), esteve na Prefeitura de Aquidauana, 135 quilômetros a oeste de Campo Grande, para tomar posse como prefeita interina.
Foi levantada, então, pelos advogados do prefeito Zé Henrique, uma questão de interpretação jurídica. Mary Stella Martins e Heber Seba Queiróz entendiam que, sem a notificação, pelo oficial de Justiça, do vice-prefeito Tião Sereia, que se encontrava viajando na tarde de ontem (18) e, assim, não havia sido intimado, não haveria um ato jurídico perfeito.
Com o impasse, mas em um clima de normalidade e tranquilidade, todas partes foram recebidas, às 8h20, na sede do Fórum da Comarca, a meia quadra da Prefeitura. O juiz eleitoral Giuliano Máximo Martins teve o mesmo entendimento dos advogados do prefeito Zé Henrique. Para ele, havia a necessidade da notificação pessoal do prefeito e do vice.
Ficou acordado, então, entre as partes -advogados representantes da presidente da Câmara e do prefeito e vice-, que a posse seria às 13h, na sede do Fórum, com a presença do vice-prefeito Tião Sereia que seria, então, formalmente notificado pela Justiça, evitando a suspeita de estar agindo de má-fé.
Tudo foi feito conforme combinado e a posse da prefeita interina transcorreu sem problemas, em um clima de total tranquilidade e com as instituições funcionando normalmente.
Por volta das 14h45, chegou a notícia de Campo Grande, informando que o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) havia concedido a liminar, com o pedido de efeito suspensivo solicitado pelos advogados do prefeito Zé Henrique Trindade e do vice Tião Sereia. Ambos voltaram às suas funções normais, na Prefeitura. A prefeita interina deixou o prédio normalmente.
Agora, caberá ao TRE, em Campo Grande, julgar o mérito de toda a questão, podendo cassar o prefeito e o seu vice, ou manter ambos em suas funções. Nesse caso, em tese, não haveria a convocação de novas eleições em Aquidauana.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home