.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, abril 08, 2008

Comerciantes insatisfeitos com custos do novo Centro Comercial de Aquidauana

Fotos: Reinaldo Bezerra/Pantanal News
Barracas na calçada da Rua Estevão Alves Corrêa, no Centro de Aquidauana

Comerciantes instalados nas barracas das ruas Estevão Alves Corrêa e Assis Ribeiro reclamam que, a poucos dias da inauguração do novo Centro Comercial, na área da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, no Centro; receberam notícias da prefeitura que dão conta de que terão arcar com as despesas de acabamento dos novos "boxes".
O "Shopping Barraquetch", como é popularmente conhecido, tem cerca de 25 barracas, que vendem produtos importados.

Vidal Manoel Gomes, entrevistado por Almir Santana, do programa Rancho Alegre - das 6 às 7 horas - da rádio Independente

O comerciante Vidal Manoel Gomes disse que espera uma contrapartida da prefeitura, pois o custo que foi informado para os donos de barracas, é muito alto.

Dom Marquito diz que faturamento não comporta novos gastos

"Nosso movimento está fraco, mas dá para viver", disse Dom Marquito, um dos comerciante preocupados com a mudança prestes a acontecer.

Segundo os comerciantes, a prefeitura de Aquidauana informou que todos deverão arcar com um custo, por barraca, de aproximadamente R$5 mil, para concluir o piso, a porta, a pintura, laje, além de instalações hidráulica e elétrica.
A maioria reclama e pede para permanecer no anonimato, temendo represálias da prefeitura. São pouquíssimos os comerciantes que se dispuseram a gravar entrevistas para a rádio Independente.

O novo centro comercial de Aquidauana, construído com recursos do governo federal, receberá todos os comerciante que, atualmente, estão nas barracas, instaladas nas calçadas das ruas.


Novas lojas, dentro do Centro Comercial, serão padronizadas

Eles informam que desejam que a inauguração seja feita antes do aniversário de Aquidauana, em Quinze de Agosto, mas permanecem preocupados com os custos das mudanças. Os comerciantes pretendem marcar uma audiência com o prefeito Felipe Orro.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home