.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

segunda-feira, abril 07, 2008

5º FAS terá Fagner, O Rappa, Djavan, Zélia Duncan e Neguinho da Beija-flor

O 5ª Festival América do Sul (FAS), que acontece entre 30 de abril a 4 de maio, em Corumbá, divulga hoje programação que abrange atrações nacionais e internacionais de música, teatro, dança, circo, cinema, literatura, artesanato e artes visuais. Esta edição terá seu lançamento oficial hoje (7), às 19 horas, no saguão do Aeroporto Internacional de Corumbá.
"Buscamos nomes fortes e atuais na música, no teatro, na literatura, na dança, entre outros, para atender às expectativas de uma programação diversificada e de qualidade para o Festival, que se consolida como um evento de integração e união já esperado no calendário cultural dos povos sul-americanos", comentou Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.
Corumbá, a 426 km de Campo Grande, também conhecida como Capital do Pantanal, será palco de shows de Fagner, O Rappa, Djavan, Zélia Duncan, Neguinho da Beija-flor, Martin'ália e Teatro Mágico, entre outras atrações nacionais. Também tocam nomes da música de Mato Grosso do Sul, representada em suas vertentes da música de raiz, do eletrônico, instrumental, rock e pop, com Guilherme Rondon, Deletrônica, Instrumental 3x5, Dimitri Pellz, Jennifer Magnética, Grupo Exilados e Black Zone e Lívio Barreto. Dos países vizinhos, se apresentam nomes como Jorge Shellemberg (Uruguay), Cia Tango e Paixão (Argentina), Hijos Del Sol (Peru), Luisa Calcumil (Argetina), e Grupo Bohemia Urbana (Paraguay).
Entre as atrações de teatro, dança e circo, despontam apresentações da Intrépida Trupe, Cia Pequod, Ginga Cia de Dança, do Teatral Grupo de Risco, Circo do Mato, Grupo de Música Folclórica Arraigo (Bolívia), Coletivo Corpomancia, Mágico Tabajara, de Nill Amaral, da Cia da Lona, Academia de Danza Prof. Elisabeth Vinader (Paraguay), Trupe Hematitas & Jaspilitos, do Grupo de Ballet Folclórico Estilisado Tentayape (Bolívia), entre outros.

No Quebra-torto com Letras, o café da manhã pantaneiro abre o apetite para discussões sobre literatura com autores nacionais e internacionais convidados, contando com Lourenço Mutarelli, Joca Terron, Sérgio Sant'anna, Sacha Aníbal (Paraguay), Cristo Rafael Figuereo (Colômbia), Pavel Eguez (Equador), Luciano Saracino (Argentina), Glória Munhos (Paraguay), entre outros.
Já as exposições de artes plásticas buscarão um diálogo entre as obras de Edson Castro (BRA), Rafael Alonso (BRA), Félix Torres (ARG), Alejandra Dorado (BOL), Miguel Angel Gaete (CHI), Marcos Benites (PAR) e Analia Sandleris (URU).
No audiovisual, haverá exibição de filmes, festivais, debates sobre cinema e lançamentos. A programação do 5º FAS inclui também atividades como oficinas de dança, artes visuais, teatro e arte-educação, sessões de visitação turística e feira de artesanato.

As informações são de Moema Vilela, da Assessoria de Comunicação da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home