.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, abril 08, 2008

Holandeses da WWF conhecem pesquisas da Embrapa

Daniela dos Santos/Embrapa Pantanal

Grupo da WWF da Holanda esteve no auditório da Embrapa Pantanal

Nove funcionários e membros do conselho da WWF da Holanda, acompanhados de funcionários da WWF Brasil, responsáveis pelo Programa Pantanal para Sempre, participaram de reunião técnica, realizada na sexta-feira (4), na Embrapa Pantanal, em Corumbá - na fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia - Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O encontro teve como objetivo apresentar as atividades de pesquisa desenvolvidas pela Embrapa Pantanal na região, com ênfase para as pesquisas relacionadas à pecuária orgânica.
A abertura e o encerramento da reunião foram realizados pelo chefe-geral da Embrapa Pantanal, José Aníbal Comastri Filho. Ele destacou a amplitude geográfica do Pantanal e enfatizou a importância de se buscar alternativas produtivas como forma de agregar valor á pecuária de corte, principal atividade econômica da região. Ressaltou, ainda, a preocupação da equipe da área de produção animal da Unidade com relação à sustentabilidade local, tanto em termos ambientais quanto em relação aos aspectos econômicos. Comastri foi ainda mais enfático quando frisou que só teremos o “Pantanal para sempre” quando for possível, por meio de tecnologias adaptadas, promover o desenvolvimento sustentável da pecuária da região. “Somente, com a obtenção do equilíbrio entre os aspectos econômicos e ambientais é que teremos de forma segura a manutenção da biodiversidade da região do Pantanal. Portanto, toda parceria séria envolvendo organizações que se preocupam com o Pantanal é sempre bem-vinda”, acrescentou Comastri.

Christiane Congro/Embrapa Pantanal

Thierry Tomich, Michael Becker e José Aníbal Comastri Filho, na Embrapa Pantanal


Durante sua apresentação o chefe adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento, Thierry Tomich, informou que a Embrapa Pantanal desenvolve atualmente 73 projetos de pesquisa, sendo 22 sobre produção animal. Além disso, Thierry falou sobre as pesquisas relacionadas à pecuária orgânica no Pantanal e informou que a adaptação do sistema de produção da pecuária orgânica para o Pantanal é viável, pois exige poucas modificações. “A certificação de produção da pecuária orgânica para o Pantanal proposta pela WW é interessante, porém precisa ser adaptada às características singulares da região” destacou.

Para o coordenador do Programa Pantanal para Sempre da WWF, Michael Becker, a visita a Embrapa Pantanal foi relevante. “A Embrapa é um importante centro de pesquisa da região, além de ser uma parceira estratégica da WWF”, afirmou. O funcionário da WWF da Holanda, Allard Stapel disse, por sua vez, que ficou satisfeito com as informações apresentadas pela Embrapa. “A instituição possui um amplo conhecimento sobre a região, assim espero que a WWF e a Embrapa possam encontrar alternativas que viabilizem uma solução para dificuldades apresentadas e acreditamos que a pecuária orgânica pode contribuir com isso”, informou.

As informações são de Christiane Rodrigues Congro Bertoldi, da Embrapa Pantanal

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home