.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

terça-feira, fevereiro 28, 2006

Águia de Ouro diz que foi boicotada no desfile

Comissão de frente da Águia de Ouro entra na Passarela do Samba às 22h30. Esta foto mostra o carro alegórico com a Águia, marca da escola, no momento em que deixava a concentração e entrava na Avenida Doutor Sabino.

A águia, símbolo da escola de samba, entra na Avenida Doutor Sabino, no primeiro carro alegórico.

Radialista e deputado estadual Raul Freixes (PTB), homenageado pela Águi de Ouro e em cima de um carro alegórico, distribui rosas vermelhas na Passarela do Samba.

O assessor de imprensa do prefeito Luiz Felipe Ribeiro Orro (PDT), Wilson de Carvalho, em entrevista ao vivo na Rádio Independente, feita por este blogueiro, garante que não houve boicote da organização do carnaval à escola de samba Águia de Ouro.

Um dos coordenadores da escola de samba Águia de Ouro, Ney Alviço, ficou revoltado com a falha ocorrida no sistema de som instalado na Avenida Doutor Sabino, em Aquidauana.
A escola, que homenageou na noite de ontem (27) o radialista e deputado estadual Raul Freixes (PTB), entrou na Passarela do Samba às 22h30, devido ao atraso da Unidos da Ponte, que deveria ter se apresentado às 20h30 e só entrou na Avenida às 21h30.
No momento em que a comissão de frente da Águia de Ouro entrou na área de desfile, o som das torres instaladas ao longo da Avenida foi cortado. Os componentes entraram na passarela cantando o samba enredo e, quando a comissão de frente chegou em frente ao palco onde estava a comissão julgadora, não era possível ouvir a bateria da escola e o intérprete do samba enredo "Ao criador...Sua criação".
Os coordenadores do desfile da Águia de Ouro correram até o responsável pela apresentação da escolas de samba no sistema de som instalado na Avenida, o assessor de imprensa do prefeito Luiz Felipe Ribeiro Orro - que não compareceu ao desfile -, Wilson de Carvalho. Pediram para ligar o som das torres. Foi sugerida, então, uma verdadeira heresia em termos de apresentação de uma escola de samba: a execução do samba enredo por meio de gravação em CD.
Por incrível que pareça, isso foi feito e o samba enredo, gravado em CD, foi executado no sistema de som. Enquanto isso, lá atrás, na área de concentração da escola de samba, a bateria acompanhava o intérprete do samba enredo.
A harmonia da Águia de Ouro foi, evidentemente, prejudicada. Foi inevitável, com os dois sambas enredo sendo tocados simultaneamente - um gravado em CD e outro ao vivo pela escola de samba -, a ocorrência do erro conhecido como "atravessamento do samba", que acontece, segundo a Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, "quando uma parcela dos componentes canta uma parte da letra, enquanto outra parcela, concomitantemente, canta outra parte da mesma letra."
A mesma LIESA, do Rio, ressalta que "não se deve levar em consideração, nos desfiles, a eventual pane no carro de som e/ou no sistema de sonorização da Passarela."
No entanto, na noite de ontem (27), não houve pane no sistema de som. Ele foi desligado.
O assessor do deputado estadual e radialista Raul Freixes, Luiz Carlos da Silva Benites, numa entrevista ao vivo que fiz para a Rádio Independente, disse que "é uma pena que ainda aconteçam coisas desse tipo numa cidade como Aquidauana, misturando disputa política com ciúmes e, ao que tudo indica, boicotando uma justa homenagem ao deputado Raul."
O presidente da LIESA (Liga Independente das Escolas de Samba de Aquidauana), Fernando dos Anjos, disse numa entrevista à Rádio Independente, que "a culpa pela falha da Águia de Ouro" na Passarela deve ser imputada aos responsáveis pela agremiação, e não à Liga ou a organização do carnaval de Aquidauana, pois um dos diretores da escola não quis levar o microfone sem fio até o limite da sua transmissão; preferindo levá-lo até a área da concentração, de onde o som não consegue chegar até o receptor instalado no palo onde fica a comissão julgadora."
O assessor de imprensa do prefeito Luiz Felipe Orro (PDT), Wilson de Carvalho, me informou em entrevista, também na Rádio Independente, que "não houve boicote ao desfile da Águia de Ouro, que homenageia o deputado Raul Freixes, pois ele foi parceiro do prefeito Orro na campanha de reeleição em 2004, quando apoiou o atual prefeito de Aquidauana."
A polêmica está no ar.
Vou acompanhar.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home