.comment-link {margin-left:.6em;}

Blog do Armando Anache e "A luta de um repórter ..." http://aaanache.googlepages.com/home

"Tudo o que é verdade merece ser publicado, doa a quem doer" (Armando Anache) "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto" (Rui Barbosa) "Se pudesse decidir se devemos ter um governo sem jornais ou jornais sem governo, eu não vacilaria um instante em preferir o último" (Thomas Jefferson)

Minha foto
Nome:
Local: Pantanal de Mato Grosso do Sul, Brazil

Jornalista (MTb 15083/93/39/RJ) formado pela PUC-RJ em 1987 e radialista (MTb 091/MS)- Produtor de programas de rádio e repórter desde 1975; cursou engenharia eletrônica na UGF (Universidade Gama Filho, RJ) em 1978; formado pelo CPOR-RJ (Centro de Preparação de Oficias da Reserva), 1979, é oficial R/2 da reserva da arma de Engenharia do Exército; fundador e monitor da rádio PUC-RJ, 1983; repórter e editor do Sistema Globo de Rádio no Rio de Janeiro (1985 a 1987); coordenador de jornalismo do Sistema Globo de Rádio no Nordeste, Recife, PE(1988/1989);repórter da rádio Clube de Corumbá, MS (1975 a 2000); correspondente, em emissoras afiliadas no Pantanal, da rádio Voz da América (Voice Of America), de Washington, DC; repórter da rádio Independente de Aquidauana, MS (www.pantanalnews.com.br/radioindependente), desde 1985; editor do site Pantanal News (www.pantanalnews.com.br) e CPN (Central Pantaneira de Notícias), desde 1998; no blog desde 15 de junho de 2005. E-mails: armando@pantanalnews.com.br ; armandoaanache@yahoo.com

sábado, junho 07, 2008

Veja as fotos do panfleto apócrifo distribuído em Aquidauana

As fotos de Reinaldo Bezerra, do Portal Pantanal News, mostram os detalhes dos panfletos apócrifos que são distribuídos, desde ontem (6), em Aquidauana, 135 quilômetros a oeste de Campo Grande.
Em cada panfleto impresso, foi retirada a indicação de "Informe Publicitário", que consta no original publicado na edição de ontem (6), do "Correio do Estado", maior jornal do Mato Grosso do Sul.
Assim, fica caracterizada a intenção de tornar um "Informe Publicitário" em material jornalístico do jornal de Campo Grande.
Em jornalismo - salvo melhor juízo dos mais doutos - isso configura fraude. "Informe Publicitário" não tem, nunca teve e jamais terá qualquer relação com o Departamento de Jornalismo de um veículo de comunicação. A publicidade é enviada pelo Departamento Comercial, para ser impressa na gráfica do jornal. A redação e todas as editorias apenas tomam conhecimento, por meio do Departamento Comercial - encarregado de vender publicidade, que sustenta o jornal juntamente com as assinaturas - do espaço que terão, em cada página da edição diária, para a publicação de notícias, com ou sem fotos.
O aviso impresso de "Informe Publicitário" foi retirado no panfleto apócrifo - clandestino, sem origem definida, sem assinatura -, distribuído em Aquidauana; uma montagem, usando sem autorização a logomarca do jornal "Correio do Estado", foi acrescentada na parte superior, na tentativa fraudulenta de transformar publicidade em material jornalístico da editoria de Política do maior jornal do Mato Grosso do Sul

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home